segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Maze Runner: Correr ou Morrer

Autor: James Dashner
Editora: Editorial Presença
Páginas: 397
Coleção: Via Láctea
Saga: Maze Runner

Classificação: 9/10

Sinopse: Quando desperta, não sabe onde se encontra. Sons metálicos, a trepidação, um frio intenso. Sabe que o seu nome é Thomas, mas é tudo. Quando a caixa onde está para bruscamente e uma luz surge do teto que se abre, Thomas percebe que está num elevador e chegou a uma superfície desconhecida. Caras e vozes de rapazes, jovens adolescentes como ele, rodeiam-no, falando entre si. Puxam-no para fora e dão-lhe as boas vindas à Clareira. Mas no fim do seu primeiro dia naquele lugar, acontece algo inesperado - a chegada da primeira e única rapariga, Teresa. E ela traz uma mensagem que mudará todas as regras do jogo.


Crítica:

"Imperdível para os fãs de Os Jogos da Fome"

A frase de insensitivo da editora à leitura do livro, sem dúvida que é uma excelente estratégia, mas devo dizer que isso não me motivou minimamente a ler. O que é certo é que me disseram que o livro era muito bom e viciante, e é.
Na minha opinião tem muito mais adrenalina que Os Jogos da Fome. Pessoalmente acho que não podemos comparar as duas trilogias porque, apesar de ambas se passarem num futuro pós-apocalíptico, não há nada de comum entre elas. Maze Runner protagonizado por um rapaz, o que é logo uma grande diferença, a maneira de ver as coisas é completamente diferente, o que se reforça ainda mais com o facto de o autor ser um homem. 
Mas de qualquer forma este é sem dúvida um livro excelente, principalmente para os fãs de ficção cientifica, com ritmo alucinante e um enredo extraordinário!
O filme já nos cinemas, promete não ficar aquém das expectativas, e apesar das diferenças no grande ecrã, estas prometem ser para deixar os espectadores ainda mais fascinados. Trago-vos a crítica em breve.
Até la, boas leituras!

Sem comentários:

Publicar um comentário