sábado, 20 de fevereiro de 2016

A Rapariga Dinamarquesa

Marcante história de amor inspirada na vida das artistas Einar Wegener/Lili Elbe e Gerda Wegener. O casamento e trabalho de Lili e Gerda progride, enquanto navegam pela arrebatadora viagem da pioneira transgénero.



Um filme realmente maravilhoso. 
Uma história real, contada da forma mais bela possível, mas ao mesmo tempo demonstrando a fragilidade de uma situação que muitos homens e mulheres ainda hoje, infelizmente, vivem. 
É muito difícil fazer uma crítica a um filme desde tipo. Posso obviamente elogiar o excelente desempenho dos atores, o belíssimo trabalho da decoração, o guarda-roupa inigualável... 
Pessoalmente, este é um assunto que para mim é bastante próximo pois conheço pessoas nesse tipo de situação e vivo num ambiente em que é aceite. Mas este filme veio, provavelmente, chocar muitas pessoas, ou então mostrar-lhes um lado que elas não conheciam. Apesar de, quase um século depois, o panorama ter mudado imenso, não mudou o suficiente e ainda não há o "apoio" que deveria haver, por parte da sociedade, a pessoas que não se sentem bem com o seu corpo. Esta é uma realidade que todos questionamos depois de um filme deste tipo, e que é provavelmente um dos maiores objectivos de quem faz algo assim.

Nomeado para os Oscars de:
Melhor Ator Eddie Redmayne
Melhor Atriz Secundária Alicia Vikander
Melhor Guarda-Roupa
Melhor Design de Produção

Bons filmes!

Sem comentários:

Publicar um comentário