quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Maze Runer: A Cura Mortal

Autor: James Dashner
Editora: Editorial Presença
Páginas: 344
Coleção: Via Láctea
Saga: Maze Runner

Classificação: 8/10


Sinopse: Thomas atravessou o Labirinto; sobreviveu à Terra Queimada. A CRUEL roubou-lhe a vida, as memórias, e até mesmo os amigos. Mas agora as Experiências acabaram, e a CRUEL planeia devolver as memórias aos sobreviventes e completar assim a cura para o Fulgor. Só que Thomas recuperou ao longo do tempo muito mais memórias do que os membros da CRUEL julgam, o suficiente para saber que não pode confiar numa única palavra do que dizem. Conseguirá ele sobreviver à cura?



Crítica:

Pois, chegamos finalmente ao fim, e que demorado que foi este livro! Perdeu toda a adrenalina dos outros dois, mas vá, não vou ser má e dizer que não presta, porque até é bastante bom.
Tenho de admitir que o livro estava muito lento e no fim acabou demasiado depressa! Já para não falar de que neste caso matar personagens deixa de ser em pró da ciência e passa a ser o tipico desporto a que só os melhores autores se dão ao luxo, contudo achei bastante desnecessária uma certa morte, quase no fim, que não serviu de nada, isto se o autor se deixar ficar pela trilogia. Mas é que não teve mesmo jeito nenhum. 
A história teve partes muito interessantes e que deixam qualquer leitor atordoado e sem conseguir fechar o livro até saber o que se está realmente a passar, mas no inicio acontece mais o contrario. Era capaz de estar no mesmo capitulo durante semanas...
A trilogia acaba assim com um final pouco esperado e com mais um dos tipos relatórios de Ava Paige, que ainda vão ter de descobrir quem é. Mas não se esqueçam, CRUEL é bom!

Sem comentários:

Publicar um comentário