domingo, 30 de agosto de 2015

Quatro - Histórias da Saga Divergente

Uma Escolha
Liberta-o do passado
Uma Escolha
Decide o seu futuro
Uma Escolha
Expõe os perigos
Uma Escolha
Muda-o para sempre

UMA ESCOLHA VAI LIBERTÁ-LO

Autor:
 Veronica Roth

Editora: Porto Editora
Páginas: 208

Classificação: 7/10

Sinopse: 
Dois anos antes de Beatrice Prior ter feito a sua escolha, o filho de 16 anos do líder dos Abnegados fez o mesmo. A transferência de Tobias para os Intrépidos é a última oportunidade para um recomeço. Na nova Facção não será conhecido pelo nome que os pais lhe deram, pois não permitirá que o medo o transforme numa criatura indefesa.
Agora conhecido como "Quatro", Tobias depressa descobre que os Intrépidos foram a opção certa. No entanto, a Iniciação é apenas o começo, pois Quatro terá de conquistar um lugar na hierarquia da sua nova fação. As suas decisões afectarão futuros Iniciados, além de deixarem a descoberto segredos que poderão ameaçar o seu próprio futuro - e o futuro de todo o sistema de fações.
Dois anos depois, Quatro quer intervir mas hesita no caminho a seguir. A primeira pessoa a saltar para a rede pode mudar tudo. Com ela, a solução para mudar o mundo pode tornar-se mais clara. Com ela, ser simplesmente Tobias pode tornar-se uma possibilidade.


Crítica: 

Depois de ler toda a trilogia, voltar ao primeiro livro mas agora no ponto de vista do misterioso Quatro é quase como ter uma nova história.
Sinceramente, o primeiro livro de Divergente foi, na minha opinião, o melhor dos três. E agora, do ponto de vista de Tobias tornou-se ainda melhor, foi uma visão diferente de alguns episódios que já tinha 'vivido' do ponto de vista de Tris.
A história de Tobias consegue ser muito mais profunda do que a de Tris e conseguimos ver que todo o mistério que o rodeia é apenas uma forma de esconder aquilo que o atormenta. 
Sem dúvida que este é um livro bastante interessante para complementar a trilogia e conseguir respostas a alguns pontos que tinham ficado escondidos.

Sem comentários:

Publicar um comentário